ClaroBlog - Filhos e celulares: qual é a melhor hora?

 

Filhos e celulares: qual é a melhor hora?

Anderson Costa, redator Claro Blog / quarta-feira, 10 de março de 2010

Eu mesmo me deparei com essa situação. Minha priminha de 12 anos chegou em casa, largou a mochila e foi até a cozinha. Lá, esbravejou finalmente sua escolha de presente de aniversário: um celular. Acho foi a primeira vez que eu vi uma criança pedir algo do tipo. É...os tempos são outros!

Segundo pesquisa do Personal Finance Education Group, na Inglaterra, mais de 35% das crianças ganham o primeiro celular com 8 anos. Muitos pais olham a questão pelo lado da segurança: ter os filhos ao alcance de uma ligação, onde quer que estejam. Embora coloquem limitações no uso, como contas pré-pagas.

Mas qual é a hora certa para seu filho ter um celular? E de que jeito? Fui buscar respostas com os especialistas: as mães!

A publicitária Maria Fernanda Bastos tem duas filhas. Hoje com 14 anos, a mais velha ganhou o celular aos sete, presente do avô. Mas ela só usou mesmo o aparelho, dois anos mais tarde. “Ela usa muito o SMS com os amigos. É como se fosse uma extensão de um Messenger no PC”, conta Maria Fernanda. Mas o celular é controlado com uma conta pré-paga. A outra filha tem 6 anos e a avó já acenou com a possibilidade de um presente parecido. A mãe vetou a ideia. E explicou por que: “Ela adoraria ter celular, mas apenas para brincar de mocinha. Não há função real para ela que não sai sozinha na rua. Uma criança só precisa de celular a partir do momento em que tenha alguma liberdade, como no caso dos adolescentes. Enquanto ela for 100% dependente, não há necessidade”.

A jornalista Samantha Shiraishi também vê os dois filhos, de 7 e 9 anos, lidarem com seus primeiros aparelhos. O mais velho ganhou o celular de “herança” da mãe aos 8 anos, quando Samantha trocou seu aparelho. E a mãe orientou: “nada de abusar nas ligações, nem ostentar o aparelho”. “Ensinei a enviar e receber SMS para se comunicar com pessoas autorizadas por nós e a olhar o nome de quem está ligando - a princípio, ele só podia atender ligações de pessoas cadastradas”, conta Samantha. Mas o principal interesse do celular, para o garoto, são os joguinhos (como Paciência). Já o filho menor ganhou o celular da avó e chegou a consumir créditos demais em alguns momentos. Agora ele já aprendeu que só deve usar a internet perto de uma rede wi-fi gratuita, para evitar gastos maiores.

Samantha diz que aprende diariamente com o convívio dos filhos com a tecnologia. E recomenda limites para os pequenos. “O celular deve ser usado como meio de comunicação ou lazer, se tiver jogos saudáveis. Mas não é para se comunicar com quem os pais não permitem, tampouco deve ser usado para contar vantagem entre os amigos. Os pais devem ficar de olho no uso, controlando conta, tempo, horários. Pois os filhos precisam deste limite”.

Se você quer saber mais sobre relações entre mãe e filhos (mas que não são exclusivas a celulares), uma dica é o site Mãe com Filhos. Lá três mães relatam suas experiências e dão dicas sobre situações que elas mesmas passaram.

E, você? Tem filhos? Compartilhe com a gente a sua experiência!

Por Anderson Costa, redator ClaroBlog que, tardiamente, só ganhou seu primeiro celular com 20 anos...

Avalie esse post:
7
COMENTÁRIOS
tatiana salema burdin / terça-feira, 2 de agosto de 2011

minha filha tem 7 anos e possui um celular, mas dei a ela com o intuito de maior facilidade pra gente se comunicar, pois eu e o pai dela somo separados, entao, fica bem melhor com o "aparelhinho". Mas o q ela mais faz com o celular é tirar fotos.

Fernando Nunes Reis / segunda-feira, 31 de maio de 2010

Eu daria para a minha filha um celular depois do doze anos de idade, mas com o Gestor Online para poder controlar quanto ela gastaria e para quem ela ligaria também. Não quero ser o pai controlador mas preciso me prevenir...

sany acha / quinta-feira, 27 de maio de 2010

eu acho que se a crianca tem responsabilidade para receber mesada ela pode sim ter a mesma na hora de usar um celular

fernanda / terça-feira, 25 de maio de 2010

Eu acho que a partir dos doze anos já é interessante ter um celular.Não tenho filho mas se tivesse eu daria, até pra sua segurança,a gente nunca sabe o que pode nos acontecer.

Resposta ClaroBlog

Cada mãe e pai tem uma opinião diferente, né, Fernanda. Aqui na equipe mesmo, temos a Ju que é mãe de 3 filhos e a gente já bateu altos papos sobre essa decisão! Tudo que envolve os filhos precisa de bastante reflexão, né! Valeu pela participação! Dayane Oshiro, equipe ClaroBlog


Maria / quarta-feira, 17 de março de 2010

Oii pessoal do Claro blog, primeiramente quero dar meus parabens a todos vocês que fazem esse blog um sucesso.Em relação a que idade dar um celular par criança, acho que na minha opinião só quando ela deixar de ser criança, infelismente as crianças de hoje em dia, já estão virando adultas muito cedo, sem aproveitar essa maravilhosa fase.O celular torna a pessoa muito dependente e a criança ainda nao precisa passar por isso, já não basta ser dependentes dos pais. Beijos a todos e tambem tenho um blog e ficaria muito feliz se pudessem me visitar e adoraria a opinião de vocês. http://comoserumprofissionaldesucesso.blogspot.com/

Resposta ClaroBlog

Olá, Maria. Obrigada pelo comentário! A gente fica muito feliz em saber que as pessoas estão curtindo o ClaroBlog. Dei uma passadinha pelo seu também e vi que você ainda é estudante. Ótima iniciativa, tá no caminho certo pra fazer jus ao nome do seu blog! Bj e boa sorte, Dayane Oshiro, equipe ClaroBlog


Roseane Eufrásio / sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Tenho duas meninas, de 5 e 7 anos e ambas possuem celulares. Tomei essa decisão no dia em que esqueci a mais velha na escola e ninguém me ligou. Agora não tem mais isso, se eu demoro um pouco, ela já me liga avisando que está livre.

Rafael / quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Ichii, eu tive celular com 14 anos e de lá pra cá nunca mais fiquei sem celular! pra mim é fundamental e aqui em casa só utilizamos telefonia móvel, achamos melhor, e é muito mais vantajoso pois o celular a gente leva para vários lugares, só tem uma desvantagem, as tarifas altas, mas com as promoções dá pra ligar, e muito. Lembro como hoje, e por incrível que pareça era da Claro, e até hoje continuo na Claro, teve um tempo que eu usei outras operadoras mas prefiro a Claro mesmo que é a melhor. Concordo tambem, celular pra criança de 7, 8 anos é muito prematuro, o ideal é dos 14 pra lá, essa é minha opinião!

Mais Acessados
Canal Claro Brasil
TV por assinatura, internet, telefone fixo e celular tudo junto não é bom. É SIMPLY THE BEST! Com o Combo Multi, você tem todos os serviços que você mais gos...
Views: 10371
51 ratings
Time: 00:31 More in Entertainment
Em setembro você pode alugar Godzilla, Need For Speed – O Filme, O Espetacular Homem Aranha 2 – A Ameaça de Electro, Khumba, Sem Escalas e muito mais. E o me...
Views: 942
5 ratings
Time: 00:31 More in Entertainment